Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 2364
Italy 5486
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 2650
France 9360
Spain 1063
Ireland 262
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

Dia Mundial da Água 2021

Dia Mundial da Água 2021

Comemora-se a 22 de março o Dia Mundial da Água, data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1993, com o objetivo de promover a reflexão sobre a importância vital dos recursos hídricos. Alinhado com o 6º Objetivo do Desenvolvimento Sustentável, que visa garantir a disponibilidade e a gestão sustentável da água potável e do saneamento para todos até 2030, o tema deste ano é “Valorizar a água”, com vista a reconhecer e destacar o papel da água nas suas diferentes perspetivas, tanto do ponto de vista do consumo doméstico e dos aspetos económicos e sociais, como das questões da saúde, ambiente, cultura e educação.


Apesar do seu valor para os ecossistemas e da sua importância como bem essencial de consumo, a água é um recurso ameaçado na sua origem pela crescente contaminação com matéria orgânica, maioritariamente de origem antropogénica. A eutrofização das massas de água doce superficial é um fator que estimula o crescimento de microalgas, particularmente de cianobactérias.

As cianobactérias, apesar de serem constituintes naturais dos ecossistemas aquáticos, em condições propícias (excesso de nutrientes, luz e temperaturas elevadas) têm a capacidade de crescer massivamente. Este fenómeno, denominado de bloom, constitui um risco para a saúde humana e ambiental, pois é frequentemente caracterizado pela presença de espécies produtoras de toxinas (cianotoxinas) com efeitos hepatotóxicos e neurotóxicos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou recentemente a segunda edição do livro “Toxic Cyanobacteria in Water – A Guide to Their Public Health Consequences, Monitoring and Management”. Este importante guia técnico-científico atualiza o conhecimento a respeito da ocorrência de cianobactérias e cianotoxinas e recomenda valores-guia e de referência para as cianotoxinas anatoxina-a, cilindrospermopsina e saxitoxina, para além do já existente para a microcistina-LR (1µg/L, D.R. n.º 306/2007 e D.R. n.º 152/2017).

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), através da sua Unidade de Água e Solo do Departamento de Saúde Ambiental, intervém, desde 1996, na monitorização de águas doces superficiais relativamente às cianobactérias e toxinas associadas. Na edição 30 do Boletim Epidemiológico Observações (BEO – setembro 2021) será publicado um artigo que visa a divulgação das informações contidas no livro da OMS, pretendendo desta forma contribuir para a disseminação da informação relativa à monitorização de cianobactérias e cianotoxinas em águas de consumo e balneares.

No Dia Mundial da Água, o INSA juntou-se à campanha H2Off – Hora de fechar a torneira, promovida pela Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA). Esta ação de sensibilização pretende promover o uso correto e eficiente da água, num apelo generalizado de fecho das torneiras das 22:00 às 23:00.

ONU Água | Dia Mundial da Água 2021 (em inglês)

Fonte: INSA
 

29 de March de 2021 às 10:49