Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 2304
Italy 5462
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 2638
France 9044
Spain 1063
Ireland 262
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

Covid-19 | Primeira fase da vacinação

Covid-19 | Primeira fase da vacinação

Portugal inicia hoje a primeira fase de vacinação contra a covid-19, mais de nove meses depois do primeiro caso registado no país, numa iniciativa que abrange ao longo dos próximos dois dias os 27 estados-membros da União Europeia.

O primeiro lote de 9.750 doses da vacina desenvolvida pela Pfizer-BioNTech – a primeira a ser lançada no mercado, depois de ser autorizada pela Agência Europeia do Medicamento (EMA) – chegou este sábado e vai ser complementado na segunda-feira com um segundo contingente de 70.200 doses, que se traduz num acumulado de 79.950 doses para o arranque do plano de vacinação, destinado primeiramente a profissionais de saúde.

Os profissionais dos centros hospitalares universitários do Porto, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central são os primeiros a ser vacinados.


A ministra da Saúde, Marta Temido, que acompanhou o processo de chegada do primeiro lote de vacinas ao país, também estará hoje presente nos hospitais do Porto e de Coimbra para acompanhar o início do processo de vacinação.

De acordo com a portaria do Governo que criou o plano nacional de vacinação contra a covid-19, publicada na quarta-feira em Diário da República, a Direção-Geral da Saúde (DGS) tem a responsabilidade de executar o plano, que prevê vacinar até abril cerca de 950 mil pessoas dos grupos prioritários definidos pela ‘task-force’: pessoas com mais de 50 anos com doenças associadas, utentes e trabalhadores de lares e profissionais de saúde e de serviços essenciais.

A primeira fase de vacinação, entre o dia de hoje e o final de março de 2021, tem prevista a chegada de 1,2 milhões de doses de uma vacina que é facultativa, gratuita e universal, sendo assegurada pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Fonte: SNS

27 de December de 2020 às 11:49