Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.info/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 1403
Italy 4908
Great Britain 0
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 1501
France 5856
Spain 1038
Ireland 236
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

Mais de 1 milhão e 300 mil meios de emergência acionados em 2019

Mais de 1 milhão e 300 mil meios de emergência acionados em 2019

O ano de 2019 contabilizou um total de 1.339.048 acionamentos de meios de emergência para dar resposta a situações de doença súbita ou trauma triadas pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM.

Durante o ano passado os 4 helicópteros do Serviço de Helicópteros de Emergência (SHEM) foram acionados para 963 ocorrências, uma média diária aproximada de três missões. Este serviço do INEM é capaz de implementar cuidados de Suporte Avançado de Vida (SAV) no local das ocorrências e durante o transporte até às unidades de saúde mais adequadas ao estado clínico dos utentes.

As 44 Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER), distribuídas por todo o território continental, foram ativadas por 97.970 ocasiões. Assim, diariamente foram acionadas 268 VMER, o que significa que, em média, cada viatura foi acionada seis vezes por dia.

As Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV), tripuladas por um(a) Enfermeiro(a) e por um(a) Técnico(a) de Emergência Pré-hospitalar (TEPH), são meios capazes de implementar cuidados diferenciados e contabilizaram 36.616 ocorrências. Diariamente, as 40 ambulâncias SIV são chamadas a intervir, em média, por 100 ocasiões.

As 56 Ambulâncias de Emergência Médica (AEM) do INEM receberam, em 2019, 140.433 pedidos. Por sua vez, os Motociclos de Emergência Médica (MEM) foram ativados para 6.110 ocorrências, garantido assim uma chegada mais rápida de um meio de socorro ao local do incidente.

As quatro Ambulâncias de Transporte Inter-hospitalar Pediátrico (TIP), serviço que se dedica ao transporte de recém-nascidos e doentes pediátricos em estado crítico entre unidades de saúde, efetuaram 1.439 serviços.

Já a Unidades Móveis de Intervenção Psicológica de Emergência (UMIPE), responsáveis por transportarem até ao local das ocorrências os Psicólogos do Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise (CAPIC), tiveram 610 acionamentos.

Por fim, as ambulâncias do INEM sedeadas em Postos de Emergência Médica (PEM) da Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa e Corpos de Bombeiros foram acionadas por 880.604 ocasiões.

Por forma a aumentar a capacidade de socorro dos parceiros do Sistema Integrado de Emergência Médica, no final do ano passado o INEM celebrou mais 12 protocolos para constituição de posto PEM, passando o SIEM a contar com 371 ambulâncias aptas a prestar cuidados de emergência pré-hospitalar a todos os cidadãos.

Fonte: INEM (Noticia original

13 de January de 2020 às 11:19