Influenzanet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet

http://www.influenzanet.eu/

Epiwork Logo
Developing the framework for an epidemic forecast infrastructure.
http://www.epiwork.eu/

The Seventh Framework Programme (FP7) bundles all research-related EU initiatives.

7th Framework Logo
Participating countries and volunteers:

The Netherlands 0
Belgium 0
Portugal 885
Italy 4714
Great Britain 4070
Sweden 0
Germany 0
Austria 0
Switzerland 1256
France 4981
Spain 0
Ireland 351
InfluenzaNet is a system to monitor the activity of influenza-like-illness (ILI) with the aid of volunteers via the internet. It has been operational in The Netherlands and Belgium (since 2003), Portugal (since 2005) and Italy (since 2008), and the current objective is to implement InfluenzaNet in more European countries.

In contrast with the traditional system of sentinel networks of mainly primary care physicians coordinated by the European Influenza Surveillance Scheme (EISS), InfluenzaNet obtains its data directly from the population. This creates a fast and flexible monitoring system whose uniformity allows for direct comparison of ILI rates between countries.

Any resident of a country where InfluenzaNet is implemented can participate by completing an online application form, which contains various medical, geographic and behavioural questions. Participants are reminded weekly to report any symptoms they have experienced since their last visit. The incidence of ILI is determined on the basis of a uniform case definition.

Hide this information

INEM encaminhou 3.386 doentes para a VIA VERDE do AVC

INEM encaminhou 3.386 doentes para a VIA VERDE do AVC

Assinala-se a 31 de março o Dia Nacional do Doente com Acidente Vascular Cerebral (AVC): alertar a população para os sintomas do AVC e procedimentos a tomar é o objetivo principal deste dia. Precisamente por esse motivo, o INEM aconselha a utilização do Número Europeu de Emergência – 112, nos casos em que os sinais e sintomas do AVC estejam presentes.
 
Falta de força num braço, boca ao lado ou dificuldade em falar são sinais e sintomas que podem indicar a ocorrência de um AVC. Se estes sinais forem reconhecidos, ligar o Número Europeu de Emergência - 112 é a atuação mais adequada, pois a rápida intervenção médica especializada é vital para o sucesso do tratamento e posterior recuperação do doente.

Em 2016 o INEM registou 3.386 casos de AVC encaminhados para a Via Verde do AVC, uma média de 9 casos por dia. Os distritos de Lisboa e Porto registaram o maior número destes encaminhamentos, com 736 e 735 casos, respetivamente. Seguiram-se Braga, com 285 casos, e Setúbal, com 272

A estatística indica ainda que os Hospitais de São José (399) e Santa Maria (296) em Lisboa, Hospital de Braga (258), São João (257) no Porto, e Padre Américo em Penafiel (201) receberam o maior número de casos encaminhados pela Via Verde do AVC.

O AVC continua a ser uma das principais causas de morte em Portugal, sendo também a principal causa de morbilidade e de potenciais anos de vida perdidos no conjunto das doenças cardiovasculares. As primeiras horas após o início dos sintomas de AVC são essenciais para o socorro da vítima, pois é esta a janela temporal que garante a eficácia dos principais tratamentos. O INEM aconselha, por isso, os cidadãos a ligar 112 sempre que as vítimas de doença súbita apresentem os sinais e sintomas do AVC de modo a reduzir o número de doentes com esta patologia que recorrem aos hospitais pelos seus próprios meios, situação que, na maior parte dos casos, atrasa o início do tratamento da doença, reduzindo a sua eficácia.

Desde que esta Via Verde foi criada, em 2006, mais de 27 mil doentes puderam beneficiar de um melhor tratamento.

O AVC é um défice neurológico súbito, motivado por isquemia (deficiência de irrigação sanguínea) ou hemorragia no cérebro. Para prevenir a doença, devem ser adotados hábitos de vida saudáveis, evitar-se o tabaco e a vida sedentária e ter especial atenção a doenças como a hipertensão, diabetes ou arritmias cardíacas.

Fonte: INEM (Fonte original)

31 de March de 2017 às 06:37